Lar Pratz

IPA.00014470
Portugal, Setúbal, Sines, Sines
 
Arquitectura assistencial, estado novo. Edifício de feição tradicionalista, patente na contenção dos volumes, espaçamento regular dos vãos, telhados com beirados assentes em cornijas e grelhas de tijolo, que se cruzam com elementos vagamente influenciados pelo movimento moderno, como as janelas ao baixo, impondo-se uma imagem forte no tecido urbano, reflectindo a imagem que o Estado Novo assumiu.
Número IPA Antigo: PT041513010021
 
Registo visualizado 1893 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Assistencial  Casa dos pescadores    

Descrição

Planta em "U" irregular, volumes articulados; coberturas diferenciadas em telhado de duas águas no corpo central, de que se destaca um telhado de duas águas acompanhando a empena ao centro da Fachada principal, e de três águas nos braços. Fachada principal virada a S. de um só pano com soco de cantaria e remate superior em cornija e beirado, elevando-se ao centro em empena onde se destaca pedra de armas do município, ao nível do R/C rasgam-se vinte vãos espaçados regularmente, sendo o quarto, o quinto, o nono e o décimo, portas com moldura de cantaria e os restantes janelas ao baixo, com peitoril de cantaria saliente, ao nível do primeiro andar destaca-se uma varanda a todo o comprimento, assente em pilares de cantaria onde se destacam gárgulas, resguardada por murete com grelhas de tijoleiras e capeamento de cantaria, para onde abrem vinte vão correspondentes aos do R/C, sendo o primeiro, o segundo, o nono, o décimo, o décimo nono e o vigésimo, portas com moldura de cantaria e os restantes janelas ao baixo iguais às do R/C; no ângulo direito eleva-se um pequeno telheiro, sobre os dois últimos vãos. Fachada O. de um só pano com soco de cantaria e remate em cornija e beirado, rasgado ao nível térreo por catorze vãos, sendo o sexto um arco de volta perfeita com moldura de cantaria, que dá acesso a um átrio onde se abre uma porta com moldura de cantaria, o décimo segundo vão é uma porta com moldura de cantaria, os restantes vãos são janelas; ao nível do primeiro andar rasgam-se catorze vãos correspondentes aos do R/C, sendo o décimo segundo um janelão encerrado por grelha de alvenaria, e os restantes janelas. Fachada E. de um pano rematado por cornija e beirado, com seis janelas no R/C e nove no primeiro andar. Fachada E., sobre o pátio, de um pano rematado por cornija e beirado, rasgado por nove vãos ao nível do R/C, sendo o primeiro e o quinto, portas e os restantes janelas de que a sesta e a sétima são pequenas janelas duplas; ao nível do primeiro andar abrem-se nove janelas. Fachada N. sobre o pátio, de um pano rematado por cornija e beirado, rasgado por doze vãos ao nível térreo, sesta, sétima, oitava e nona, pequenas janelas duplas, a décima segunda uma porta e as restantes janelas, a que corresponde ao nível do primeiro andar doze janelas. Fachada O. sobre o pátio, de um pano rematado por cornija e beirado, rasgado ao nível térreo por nove vãos, sendo o sexto uma porta e os restantes janelas, a que correspondem ao nível do primeiro andar, nove vãos, sendo o primeiro uma pequena janela e o segundo uma porta sexto uma janela com grelha de alvenaria e os restantes janelas. INTERIOR: estruturado por corredor transversal que atravessa ao centro o braço O. e o corpo central e o braço E. junto da fachada O. Entrando de pelo arco da Fachada O. acede-se a um átrio interior que dá acesso à esquerda à provedoria e à direita ao corredor, que passa pela secretaria e dá acesso ao centro de dia, à esquerda, à cozinha, à direita, no ângulo SO. a que se segue a sala de jantar; o corpo central e os pisos superiores são ocupados por quartos duplos com casa de banho privativa, e diversas dependências de apoio.

Acessos

Avenida Vinte e Cinco de Abril

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Urbano, isolado, no topo de uma falésia sobranceira ao mar.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Assistencial: casa dos pescadores

Utilização Actual

Assistencial: lar

Propriedade

Privada: Misericórdia

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido

Cronologia

1950, década de - construção; 1998 - ampliação do edifício; 2013, 5 setembro - Anúncio de procedimento n.º 4494/2013, DR, 2.ª série, n.º 171, relativo à empreitada de remodelação e ampliação do lar, com valor do preço base de 75000.00 euros.

Dados Técnicos

Estrutura mista

Materiais

Paredes de alvenaria, rebocadas e pintadas, estrutura de betão armado, pilares, molduras e elementos secundários de cantaria, telhado de telha de aba e canudo de fabrico industrial, caixilharias de alumínio termolacado, portas de madeira e alumínio, pavimentos de mosaico e madeira.

Bibliografia

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID; CMS; SCMS

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DSID; CMS; SCMS

Intervenção Realizada

SCMS: 1998 - ampliação e remodelação.

Observações

Autor e Data

Ricardo Pereira 2000

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login