Casa da Quinta do Contador Mor / Bedeteca e Biblioteca Municipal dos Olivais

IPA.00023488
Portugal, Lisboa, Lisboa, Olivais
 
Casa integrada em quinta.
Número IPA Antigo: PT031106331131
 
Registo visualizado 354 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Residencial unifamiliar  Casa    

Descrição

Acessos

Rua Cidade de Lobito

Protecção

Enquadramento

Urbano, isolado.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Residencial: casa

Utilização Actual

Cultural e recreativa: biblioteca

Propriedade

Pública: municipal

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 18

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

Séc. 18 - construção da casa.

Dados Técnicos

Materiais

Bibliografia

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

EM ESTUDO Pertenceu a um dos descendentes directos do primeiro Van-Zeller a chegar a Portugal, com funções de ministro residente do Rei da Prússia em Lisboa. Lourenço Rudolfo Van-Zeller foi nomeado Contador Mor do Reino em 1746 e o cargo manteve-se na família até à sua extinção. Na fachada pode-se observar a pedra de armas dos Van-Zeller. À Quinta chamam-lhe a "Toca" por muitos acreditarem que Eça de Queirós nela se ter inspirado para criar o cenário dos amores entre Maria Eduarda e Carlos da Maia, em "Os Maias". Na década de 90 do séc. 20, foi restaurada pela Câmara Municipal de Lisboa para aí se instalar a Bedeteca de Lisboa, centro cultural e pedagógico.

Autor e Data

João Machado 2005

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login