Igreja Paroquial de Silvalde / Igreja de São Tiago Maior

IPA.00026256
Portugal, Aveiro, Espinho, Silvalde
 
Igreja paroquial.
Número IPA Antigo: PT010107050032
 
Registo visualizado 257 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Igreja paroquial  

Descrição

Planta longitudinal, composta por nave, capela-mor, sacristia e 2 torres sineiras que emolduram a fachada principal. Fachada principal voltada a O. de 3 corpos, o central corresponde à nave e os laterais às torres; corpo central circunscrito por cunhais apilastrados com remate em frontão triangular tendo no vértice cruz latina sobre plinto galbado; totalmente revestido a azulejo polícromo com portal em arco abatido inserido em moldura rectangular com entablamento onde assenta um nicho em arco de volta perfeita, rematado por cornija saliente e contendo a imagem do orago; sobre o nicho abre-se um vão de iluminação circular com moldura em ferro, formando cruz. Os corpos laterais, correspondendo às torres de planta quadrada de 3 registos, totalmente revestidos a azulejo padrão, apresentam no 1º registo uma janela com gradeamento de moldura recta sobreposta por cornija; no 2º registo um óculo circular; o 3º registo assente sobre friso e cornija termina em gablete e tem cobertura cónoco-piramidal; é rasgado por sineiras em arco de volta perfeita sob as quais há 2 relógios.

Acessos

Avenida das Albergarias; Largo da Igreja

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Urbano, destacado, isolado. Implanta-se em amplo largo com adro delimitado por baixo muro em cantaria e rasgado frente à fachada principal por uma larga escadaria de um lanço que lhe dá acesso. Fronteiro fica-lhe um cruzeiro de grandes braços de faces almofadadas, assente em pedestal ornado do tipo de cabuchões, datado do séc. 17.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: igreja paroquial

Utilização Actual

Religiosa: igreja paroquial

Propriedade

Privada: Igreja Católica (Diocese do Porto)

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 20

Arquitecto / Construtor / Autor

EMPREITEIROS: José Fernandes de Oliveira Félix (1903 - 1904); Manuel Pereira da Silva (1904 - 1906). ESCULTOR: Adriano Pereira Lopes (1939).

Cronologia

Séc. 11 - referência à igreja; séc. 17 - data do cruzeiro que se ergue frente à igreja; séc. 18 - data atribuída às esculturas existentes na igreja; 1903, 30 agosto - início da construção do templo, com as obras dirigidas por José Fernandes de Oliveira Félix; 1904 - a segunda fase das obras da capela-mor á adjudicada a Manuel Pereira da Silva; 1905, 05 fevereiro - a capela-mor está concluída, estando a sacristia em construção; 03 setembro - seleção das propostas para a obra da talha da capela-mor, feitas por Joaquim Alves Ferreira, José Fernando de Oliveira Félix e Alberto de Sousa Reis, sendo esta última a selecionada; 1906 - a obra encontrava-se concluída; 1939 - colocação da imagem de São Tiago Maior na fachada principal, feita pelo escultor Adriano Pereira Lopes; 1981 - Nogueira Gonçalves refere a existência de um só torre sineira, no Inventário Artístico de Portugal; 2003 - construção da torre sineira.

Dados Técnicos

Materiais

Bibliografia

GONÇALVES, António Nogueira - Inventário Artístico de Portugal, Aveiro, Zona Norte. Lisboa: Academia Nacional das Belas-Artes, 1981; QUINTAS, Diana Irene de Almeida - Iconografia das Imagens das Igrejas Paroquiais do Concelho de Espinho. Porto: s.n., 2011. Texto Policopiado. Dissertação de Mestrado apresentada á Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

1981, depois de - construção da torre sineira à esquerda.

Observações

EM ESTUDO.

Autor e Data

Cecília Matias 2007

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login