Quiosque Tivoli

IPA.00026935
Portugal, Lisboa, Lisboa, Santo António
 
Arquitectura comercial, do séc. 20. Quiosque de planta quadrangular, com estrutura em metal e remate em cúpula de quatro gomos, com balcão em mármore, possuindo quatro janelas de venda, uma delas formando simultaneamente a porta de acesso. As janelas são protegidas por aba corrida a uma água, em lona.
Número IPA Antigo: PT031106141398
 
Registo visualizado 393 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Comercial  Quiosque    

Descrição

Planta quadrangular, com estrutura metálica, pintada de vermelho e remate em falsa cúpula com quatro gomos, formando falsos apainelados recortados, com as molduras pintadas de branco, rematada por pináculo cúbico e elemento pontiagudo. A zona inferior é formada por apainelados decorados com motivos geométricos, criando duas almofadas rectangulares, com as molduras pintadas de branco, um deles formando a porta de acesso ao interior, onde assenta um amplo friso almofadado, com as molduras brancas e o balcão em mármore; para o balcão abrem as quatro janelas de venda, flanqueadas por pilares dispostos em ângulo, estriados e pontuados por anéis, encontrando-se protegidas por estores metálicos, também pintados de vermelho; estes são encimados por bandeira rectilínea, contendo um arco de volta perfeita e seguintes triangulares e almofadados, pintados de branco. Encontram-se protegidos por ampla aba, formando quatro águas, com uma lona, sustentada por estrutura de metal pintada de vermelho e por pequenas consolas volutadas, pintadas de branco; na lona, surge a identificação do nome do quiosque "QUIOSQUE TIVOLI"; sobre esta, surge um friso metálico, rematado por elementos recortados semicirculares, tendo, nos ângulos, elementos volutados, pintados de cinza. Toda a estrutura possui pontos de iluminação, constituídos por globos brancos.

Acessos

Avenida da Liberdade, junto ao Cinema Tivoli

Protecção

Incluído na classificação da Avenida da Liberdade (v. IPA.00005972) / Incluído na Zona Especial de Proteção Conjunta dos imóveis classificados da Avenida da Liberdade e área envolvente / Incluído na Zona de Proteção do Cinema Tivoli (v. IPA.00002623)

Enquadramento

Urbano, isolado, situado sensivelmente a meio da Avenida da Liberdade, num do seus corredores ajardinados, o virado a E.. Encontra-se fronteiro ao Monumento à Grande Guerra (v. PT03110614131397) e junto ao Cinema Tivoli (v. PT031106450211), de onde lhe deriva o nome.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Comercial: quiosque

Utilização Actual

Comercial: quiosque

Propriedade

Privada: pessoa singular

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 18 - o termo quiosque aplica-se aos pavilhões de jardim orientais e aos próprios coretos; 1865 - os franceses adoptaram estas pequenas estruturas para embelezar pontos estratégicos dos "boulevards", onde se vendiam jornais, flores, tabacos e refrescos; 1867, 4 Novembro - primeiro pedido à Câmara Municipal de Lisboa para a introdução de um quiosque em Lisboa, pelo escritor e artista D. Tomás de Melo; 1868, 12 Novembro - o monarca dá autorização e a edilidade também; a Câmara autorizava o seu arquitecto, Domingos Parente da Silva para estudar a sua localização na cidade, considerando os pedidos de D. Tomás de Melo e, entretanto, de José Maria de Porto Miguéis; 1869 - estes elementos começam a generalizar-se em Portugal; 1876, 3 Agosto - Charles Marnay pede à Câmara a introdução de bancos e poltronas de ferro nos Restauradores, que serviriam a construção de dois quiosques e um coreto; 1900 - alguns passam a vender sorvete e, no do Terreiro do Paço, vendia-se peixe frito e azeitonas; 1925 - construção do Quiosque Rivoli, patrocinada pelo Diário de Notícias; 1926 - inauguração da casa de espectáculos, que lhe dá o nome.

Dados Técnicos

Estrutura autónoma.

Materiais

Estrutura em metal; aba em lona; bandeira com vidros simples

Bibliografia

CAEIRO, Baltazar Matos, Os Quiosques de Lisboa, Sacavém, Distri Editora, 1986.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: SIPA

Documentação Administrativa

CML: Arquivo Intermédio (proc. n.º 43032)

Intervenção Realizada

PROPRIETÁRIO: séc. 20, final - pintura da estrutura e arranjo da mesma.

Observações

Autor e Data

Paula Figueiredo 2008 / 2009

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login