Igreja Paroquial de Martinchel / Igreja de São Miguel

IPA.00032743
Portugal, Santarém, Abrantes, Martinchel
 
Arquitetura religiosa, do séc. 20. Igreja paroquial de planta retangular composta por nave, capela-mor, anexos e torre sineira no lado direito. Fachada principal em empena, rasgada por vão em arco apontado de acesso a exo-nártex, onde se rasga o portal retilíneo.
Número IPA Antigo: PT031401050176
 
Registo visualizado 358 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Igreja paroquial  

Descrição

Planta retangular composta por nave, capela-mor, anexos adossados aos lados e torre sineira no lado direito, de volumes articulados e escalonados com coberturas diferenciadas a uma e duas águas, sendo de quatro na torre sineira. Fachadas rebocadas e pintadas de branco, percorridas por soco cinzento e rematadas em friso de betão. Fachada principal virada a SO., em empena com cruz latina, que secciona, inferiormente, duas frestas retilíneas, com molduras negativas em ângulo; possui vão em arco apontado e abatido, de acesso a alpendre, onde se rasgam portas de verga reta. No lado direito, a sineira, com amplas frestas retilíneas e ventanas de volta perfeita, contendo sinos, tendo, na base da face SO., relógio circular.

Acessos

Rua da Igreja. WGS84 (graus decimais) lat.: 39,538001; long.: -8,309795

Protecção

Enquadramento

Urbano, isolado, implantado junto ao Edifício do Ecomuseu Albufeira de Castelo de Bode (v. PT031401050176), em adro elevado, com acesso por escadaria frontal. No adro, várias árvores e cruzeiro arruinado.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: igreja paroquial

Utilização Actual

Religiosa: igreja paroquial

Propriedade

Privada: Igreja Católica (Diocese de Portalegre - Castelo Branco)

Afectação

Sem afetação

Época Construção

Séc. 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

1320, 23 maio - bula do Papa João XXII concedendo a D. Dinis, por três anos, para subsídio de guerra contra os mouros, a décima de todas as rendas eclesiásticas do reino, sendo a igreja de São Martinho taxada em 30 libras; integra o termo de Abrantes e o bispado da Guarda; séc. 17 - provável reconstrução da igreja e do cruzeiro paroquial; 1959 - reconstrução do edifício; 26 julho - inauguração do templo; 1973 - reedificação do edifício.

Dados Técnicos

Sistema estrutural de paredes autónomas.

Materiais

Estrutura em alvenaria, rebocada e pintada; modinaturas em mármore.

Bibliografia

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

CMAbrantes

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

EM ESTUDO.

Autor e Data

Paula Figueiredo 2012

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login