Cinema Condes

IPA.00003985
Portugal, Lisboa, Lisboa, Santo António
 
Arquitectura cultural e recreativa, modernista. Cinema.
Número IPA Antigo: PT031106450416
 
Registo visualizado 453 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Cultural e recreativo  Casa de espetáculos  Cinema  

Descrição

De planta rectangular, volumetria escalonada e cobertura efectuada por terraço. Implantado de modo a acompanhar o declive do terreno, desenvolve-se em duas frentes, com fachadas orientadas a O. e S.: em reboco pintado, com piso térreo revestido a cantaria, tem o ângulo de articulação boleado, acentuado superiormente por remate em corpo circular de menor secção, vazado por 5 janelas e protegido por pala. A entrada, no piso térreo, é rasgada no ângulo por porta principal de verga recta, ladeada do lado O. por 3 portas de verga recta encimadas por janelas e do lado S. por 5 janelas rectangulares e outra porta no extremo oposto, também de verga recta. Acede-se ao interior através da porta localizada no ângulo, mas também pelas portas laterais, conducentes ao antigo vestíbulo.

Acessos

Avenida da Liberdade, n.º 2 - 10; Rua dos Condes, n.º 22 - 34

Protecção

Incluído na classificação da Avenida da Liberdade (v. IPA.00005972) e na Zona Especial de Proteção Conjunta dos imóveis classificados da Avenida da Liberdade e área envolvente

Enquadramento

Urbano, destacado, flanqueado, fazendo gaveto.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Cultural e recreativa: cinema

Utilização Actual

Comercial: estabelecimento de restauração

Propriedade

Privada: pessoa colectiva

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 20

Arquitecto / Construtor / Autor

ARQUITECTO: Raul Tojal (1952). ENGENHEIRO: Alfredo Fernandes. ESCULTOR: Arístides Vaz.

Cronologia

1950 - construção do cinema Condes pela empresa teatral Variedades, no mesmo local onde existira o Teatro Condes, propriedade de Francisco Grandela; 1952 - conclusão do edifício, construído com projecto de Raul Tojal e executado pelo construtor António Costa: o auditório, de planta rectangular e orientada longitudinalmente, dispunha de plateia, 1.º e 2.º balcão, contava com espaços de apoio ao público, como as bilheteiras, a tabacaria e o bengaleiro; 2003 - depois de profundas obras de transformação para adaptação do cinema a um restaurante, é inaugurado o Hard Rock Cafe.

Dados Técnicos

Estrutura autónoma.

Materiais

Alvenaria mista, reboco pintado, cantaria de calcário, estuque, ferro forjado, madeira.

Bibliografia

RIBEIRO, M. Félix, Os Mais Antigos Cinemas de Lisboa, Lisboa, 1978

Documentação Gráfica

CML: Arquivo de Obras, Proc. n.º 29.876

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

CML: Arquivo de Obras, Proc. n.º 29.876 (*1).

Intervenção Realizada

Observações

EM ESTUDO *1 - o Processo continha apenas informações relativas ao edifício anteriormente existente no mesmo local, apresentando tão-só peças desenhadas relativas ao projecto e construção do edifício que na actualidade existe.

Autor e Data

Teresa Vale e Maria Ferreira 1998

Actualização

Filomena Bandeira 2004
 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login