Armazéns da Ribeira

IPA.00009852
Portugal, Setúbal, Sines, Sines
 
Núcleo de edifícios de armazenamento, marcado carácter funcional, onde é notória a total ausência de elementos decorativos, excepto no pequeno edifício oitocentista da Alfândega, onde é patente o gosto decorativista de carácter ecléctica que dominou na época.
Número IPA Antigo: PT041513010018
 
Registo visualizado 2644 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Armazenamento e logística  Armazém    

Descrição

Planta composta por dois armazéns de planta trapezoidal irregular que se articulam em " L ". Cobertura diferenciada em telhados de duas águas. Alçado E. com o volume da esquerda, mais baixo, rematado por empena e rasgado por duas janelas sobrepostas e diversas frestas; no topo quatro argolas de ferro; na base rasgam-se duas portas, sendo a da esquerda em arco de volta perfeita e a da direita em arco abatido. No alçado N. deste volume rasgam-se uma porta sobrepujada por um óculo e, ao nível superior, duas frestas. Este corpo articula-se com o corpo da direita, mais elevado, mediante um arco de volta perfeita que dá acesso a uma passagem em tunel, encaixada entre os dois corpos. O volume mais alto é dividido em dois registos por um ressalto da parede, sendo o superior rasgado por duas janelas sobrepostas e por três pares de frestas. Alçado S. com o volume mais baixo rematado por beirado; ao nível térreo rasgam-se uma porta e uma janela, encimadas por uma fiada de quatro frestas. Ao nível superior abre-se uma janela com duas frestas de cada lado. À esquerda rasga-se um arco de volta perfeita que dá acesso à passagem entre os dois corpos. No alçado O. do volume mais baixo, rasga-se a porta de acesso ao piso superior. O volume mais elevado é rematado em empena e apresenta, na sua face S., uma porta ao nível térreo e, a uma cota superior, quatro frestas. A passagem entre os dois corpos dá acesso a duas rampas que se desenvolvem para E., uma que liga à Ribeira de Cima e a outra que liga à Ribeira de Baixo, sendo esta última finalizada por uma escadaria de pedra, em cujo paredão se destacam dois canhões de ferro fundido que serviam para prender as embarcações. Mais abaixo sobressai o pequeno volume paralelepipédico da antiga casa da alfândega, com cobertura em terraço. O seu alçado O., de um pano definido por cunhais, é dividido em dois registos por uma cornija, e rasgado no registo inferior por uma porta. Cada um dos registos é revestido por padrões diferentes de azulejos azuis e brancos, de produção industrial. O alçado S. segue esquema idêntico mas é rasgado por duas janelas, entre as quais se destaca um painel emoldurado com a legenda " DELEGAÇÃO / DE / LISBOA / ALFANDEGA DE SINES / 1874 ". INTERIOR: mais alto dividido em dois pisos separados por estruturas de madeira assentes em pilares do mesmo material; cobertura em telha vã. O interior do edifício mais baixo apresenta quatro pisos, assentes em soalhos com estruturas de madeira apoiadas em pilares que dividem o espaço em quatro naves, sendo as paredes laterais rasgadas por frestas de ventilação; cobertura em telha vã.

Acessos

Avenida Vasco da Gama

Protecção

Enquadramento

Urbano, isolado, encaixado na falésia, junto ao porto de pesca, articulando, por meio de rampas de cantaria aparelhada, a Ribeira de Baixo e a Ribeira de Cima.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Armazenamento e logística: armazém

Utilização Actual

Armazenamento e logística: armazém

Propriedade

Pública: municipal

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 17 (conjectural) / 19

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 17 - provável data de construção do edifício para armazenamento de sal e aprestos de pesca; 1872 - construção do edifício da Alfândega.

Dados Técnicos

Estrutura mista

Materiais

Paredes de alvenaria de pedra e cal rebocadas e pintadas, pavimentos de tijoleira e soalho, caixilharias de madeira, gradeamentos de ferro forjado.

Bibliografia

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

Autor e Data

José Falcão e Ricardo Pereira 1999

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login